Malte para gatos: o aliado contra as bolas de pelo

quarta, 12 de maio de 2021

A tua casa está dominada por um felino? Se assim for, já terás visto que pode passar horas a lavar e lamber o seu corpo… em matéria de higiene ninguém lhe ganha! 😆 Mas nem tudo o que reluz é pelo limpo. Durante a sua higiene diária, pode ingerir grande parte dos pelos mortos. Estes avançam pelo sistema digestivo e podem formar bolas de pelo no estômago. Lembra-te: de certeza que alguma vez viste o teu gato a tossir e, até mesmo, vomitar essas desconfortáveis bolas de pelo. Mas há algo que lhe pode ajudar: malte para gatos.

O malte tem muitos benefícios para a saúde do nosso amigo. Além disso, o seu sabor levanta paixões e podes dá-lo diretamente ou misturado com a sua comida habitual. As opções são quase ilimitadas.

Queres saber um pouco mais sobre ele?

 

 

O que é o malte para gatos?

Vamos começar por esclarecer algumas dúvidas: em termos gerais é uma pasta muito útil de origem natural que melhora a digestão e o trânsito intestinal do nosso gato, ajudando-lhe a expulsar o pelo ingerido.

➡ Aprofundando um pouco mais, irás descobrir que o malte é um suplemento alimentar natural com propriedades laxantes que ajuda a evitar, sobretudo, a obstipação e os problemas intestinais que podem derivar da ingestão do pelo. É semelhante a uma pasta de cor parecida ao mel (embora com mais corpo) e podes encontrá-lo habitualmente num tubo semelhante ao da pasta de dentes. A sua composição consta dos seguintes ingredientes:

 ➡  Óleos vegetais.

 ➡  Gorduras vegetais.

 ➡  Extrato de malta.

 ➡  Fibra.

 ➡  Derivados lácteos.

 ➡  Levedura.

Além de corantes, conservantes e vitaminas. 

Para que se utiliza o malte?

Como já comentamos anteriormente, a função principal do malte é ajudar o nosso gato a expulsar o pelo ingerido durante as longas horas de higiene através das fezes. Estas bolas de pelo podem acumular-se no intestino, estômago ou esófago do nosso felino, dificultando-lhe a digestão, por isso se não souber como expulsá-las sozinho, podemos sempre ajudar.

Existem sintomas diferentes que evidenciam que o teu gato está a sofrer uma obstrução intestinal por culpa das bolas de pelo, como a falta de apetite, obstipação, vómitos ou tosse seca. Para tentar prevenir esta situação, podes ajudá-lo com um suplemento alimentar elaborado à base de malte. No entanto, é importante que, se notas algum sintoma, acudas ao teu veterinário para descartar problemas graves ou doenças.

Por outro lado, o malte tem um efeito laxante e ajuda a melhorar o trânsito intestinal, por isso, também, é adequada para tratar problemas de obstipação leve. Em suma, ajuda a que os pelos ingeridos pelo nosso gato, sejam expulsos sem problemas através do sistema digestivo.

Como se deve consumir o malte?

Cada gato é um mundo (e nunca melhor dito) e se acrescentamos a isso o fato de serem companheiros de casa “especiais”, podemos encontrar muitos cenários quando se trata de dar-lhes a provar o malte: Alguns adoram e incorporam-no na sua alimentação como aperitivo sem problemas, até mesmo, diretamente da embalagem. E outros, ao contrário, podem ser mais reticentes ou indiferentes.

A nossa recomendação é que adiciones a quantidade recomendada às suas refeições ou esfregues umas das suas patas da frente para que o lamba (o impulso de se lavar com lambidelas é inevitável). Outra opção, se vés que ele não gosta, é dar o malte em forma de snacks para gatos, como recompensa pelo seu bom comportamento.

 

 

Mas, não desesperes 😆 , o malte não tem um sabor desagradável para os gatos, por isso com o tempo vai acostumar-se a consumi-lo. Além disso, podes experimentar marcas e sabores diferentes até conseguires o ideal para o teu companheiro. 😎 

 

 💡 Igualmente, se o teu companheiro apresenta problemas digestivos ou intestinais, consulta com o veterinário. 💡 


Sugerimos também

Deixa um comentário