P, Wiki

O que são passas? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

Denominam-se passas ou uva passa, às uvas secas ou parcialmente desidratadas.

Habitualmente, as uvas são secadas de forma natural, ao sol, mas também cabe a possibilidade de as secar mediante a combustão de lenha, de carvão, gás ou eletricidade.

A origem das uvas passas deve-se à necessidade de as conservar durante mais tempo. Ao eliminar a humidade da uva, se paralisa a ação dos germes que necessitam de humidade para viver, permitindo o consumo das uvas em perfeito estado após um período de tempo superior ao da uva fresca.

As passas, devido ao seu baixo teor de água e a sua elevada concentração de açúcar, proporcionam cerca de 250 kcal por 100 g. Tal como as uvas frescas, a sua maior proporção de carboidratos é de rápida absorção, chegando a ser até 70% frutose. As passas são uma excelente fonte de potássio, de cálcio, de ferro, de provitamina A (beta caroteno) e de vitamina B3. A vitamina C presente na uva fresca, perde-se durante a secagem. O cálcio presente nas passas absorve-se pior que o procedente dos laticínios ou outros alimentos ricos no mesmo mineral, porém, embora faça parte da sua composição não é um ingrediente destacável deste alimento.

Constituem uma excelente fonte de fibra solúvel e insolúvel.

Desde a antiguidade, as passas vêm a ser empregadas pelas suas funções afrodisíacas, devido tanto ao seu elevado poder energético como ao seu teor do aminoácido arginina, que além das suas diferentes funções, desde faz bastante tempo tem estado relacionada com o aumento da libido sexual e a fertilidade.

Benefícios da sua contribuição

Fonte rica em energia:

Ao eliminar a maior parte da água que contém a uva, os carboidratos se concentram, e daí o seu elevado sabor doce e alto poder energético. Por isso, tem sido muito recomendada a desportistas e pessoas com grandes exigências energéticas.

Fonte rica em potássio:

É um eletrólito, que junto com o sódio, intervêm na conservação do equilíbrio hídrico, da pressão osmótica e equilíbrio ácido-base. O potássio também é necessário para a transmissão e produção do impulso nervoso, permitindo uma atividade muscular normal, evitando assim as cãibras.

Fonte de magnésio:

É um mineral necessário para o metabolismo energético, está relacionado com o funcionamento dos intestinos, intervém no sistema nervoso, no equilíbrio hídrico e na função muscular. Forma parte dos ossos e dentes, melhora a imunidade e também possui um ligeiro efeito laxativo.

Fonte de ferro:

Mineral necessário para a síntese de hemoglobina, molécula encarregada de transportar e fornecer oxigénio ao resto das células do organismo. Portanto, é necessário para manter a energia e a resistência, sem esquecer o seu papel fundamental nos indivíduos com anemia ferropénica.

Fonte de vitamina B3:

É uma vitamina que participa no metabolismo energético dos carboidratos, gorduras e proteínas. Também intervém no sistema nervoso e na manutenção da pele. Ajuda a reduzir o cansaço e a fatiga, fundamental para os desportistas ou pessoas que realizam atividades físicas extenuantes.

Fonte de antioxidantes:

Bem como nas uvas, nas passas também podemos encontrar elevadas proporções de bioflavonóides antioxidantes. Estes flavonóides protegem as células contra os radicais livres, impedindo o envelhecimento celular durante mais tempo, e assim, a prevenção de doenças, principalmente o cancro.

As passas são fonte de beta caroteno que se transforma em vitamina A, conforme o organismo o necessita. Esta vitamina antioxidante é necessária para o bom funcionamento do sistema imunológico e para um bom estado da vista, além de ser ótimo para o bom estado da pele, mucosas, cabelo e ossos.

Excelente fonte de fibra solúvel e insolúvel:

Esta fibra não é metabolizada pelas enzimas digestivas, sendo praticamente não calórica, porém, a fibra insolúvel é uma ajuda eficaz contra a prisão de ventre e os problemas derivados da mesma.

Apesar do elevado teor calórico das passas, graças ao seu grande teor de fibra solúvel em água, que aumenta o volume do conteúdo intestinal, aumenta também a sensação de saciedade, evitando assim uma maior ingestão de alimentos e prevenindo do mesmo modo o ganho de peso e gordura corporal. A fibra solúvel retém e elimina pelas fezes nutrientes como o açúcar, o colesterol e triglicéridos, evitando doenças cardiovasculares: reduz a velocidade de absorção dos hidratos de carbono, diminuindo assim o risco de diabetes, já que assim não há picos de glicose. Além disso, protege contra o cancro de cólon, mama e próstata.

Dosagem

Não foi estabelecida uma dose diária máxima para a ingestão de passas, mas recomenda-se não abusar do seu consumo, especialmente os diabéticos ou pessoas com problemas dentários como a carie.

Outra informação

As passas de Corinto são pequenas uvas pretas, sem grainha, originárias de Corinto (Grécia), Vitis vinífera, da variedade apyrena. Estas passas diferem do resto pelo seu tamanho muito pequeno, o seu aroma, a sua cor mais escura, o seu sabor doce intenso e a sua carência de sementes. Estas passas são principalmente usadas na pastelaria e repostaria, mas também são destinadas à fabricação de determinadas bebidas e vinhos.

Sugerimos também