Os cuidados básicos que o teu animal de estimação necessita

segunda, 10 de dezembro de 2018

Hoje é o #DiaMundialDosDireitosHumanos! O que talvez não saibas é que partilhamos esta data com os nossos Animais de Estimação: também o #DiaMundialDosDireitosDosAnimais. Se és um iniciado neste mundo e acabas de começar a compartilhar a tua vida com o teu animal de estimação, pode ser que ainda estejas um pouco verde quanto aos cuidados que deves ter. No seguinte artigo, sugerimos-te uns simples conselhos para que, seja qual for o teu Pet, que viva como um rei. Aponta!

          1. Escolhe o teu animal de estimação com responsabilidade: Um animal de companhia não é nenhum brinquedo, requer uma série de cuidados. Antes de te apressares na tua decisão, faz uma autocrítica e calcula o tempo no qual dispões para lhe dedicares. Se passas muitas horas seguidas fora de casa, um cão não é a melhor ideia, já que exige que o leves à rua um determinado número de vezes por dia. Há outros animais (gatos, pássaros, roedores) que poderiam encaixar melhor segundo o teu ritmo de vida.
          2. Tem sempre em dia o seu Livro de Vacinação: existem doenças como o parvovirus que podem ser letais se tu não vacinares o teu animal de estimação. Com um simples passo podes prevenir consequências fatais! Cada espécie tem um calendário de vacinação diferente, e no teu centro veterinário poderão esclarecer qualquer dúvida que tenhas  🙂 
          3. Prevê a esterilização: a menos que tenhas absolutamente a certeza que queres que o teu animal de estimação tenha descendência, recomendamos-te esteriizar o teu cão, gato ou furão. Mostramos-te os benefícios de esterilizar o teu animal de estimação.:
            💡 Previne infeções e crescimentos de tumores tanto em machos como fêmeas.

            💡 Diminui o risco de fugas e a agressividade, bem como desputas pela defesa de território.

            💡 Evita ninhadas desnecessárias, diminuindo as taxas de abandono.

          4. Cuidado com o excesso de higiene: lavares o teu animal de estimação todas as semanas não é recomendado. Isto, porque eles têm uma camada de sebo protetor que deve ser mantido num equilíbrio que o uso de champôs e produtos de higiene pode alterar, especialmente se são novinhos. Dares banho ao teu cão a cada mês e meio é o suficiente. Os gatos precisam ainda menos de serem lavados, visto que por regra geral não saem de casa e se lavam eles próprios muito 😎 . Nos casos das aves e roedores também varia. Consulta com o veterinário!
          5. Adota, não compres! Todos os anos com a chegada do Natal, milhares de animais de estimação são compradas como presente em canis ou lojas de animais. Tristemente, muitos destes animais são abondonados após uns meses, abarrotando canis e abrigos. Na Nutritienda animamos-te a que adotes um animal de estimação em vez de comprá-lo. Com este gesto, irás salvar a vida a um peludo de passar frio numa jaula e farás dele um animal feliz. Em troca, ele te dará todo o seu amor e gratidão! 

        Isto só foi o princípio: cada espécie e raça têm uns cuidados específicos que deves conhecer. Nós apenas te dizemos o seguinte: dá todo o teu amor ao teu animal de estimação, e ser-te-á devolvido multiplicado por cem!

         

                      

Sugerimos também

Deixa um comentário