L, Wiki

Para que serve lipase? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

A lipase é uma enzima hidrolase segregada no pâncreas para ajudar a digestão e absorção das gorduras. Catalisa a hidrólise de triglicéridos em glicerol e ácidos gordos livres, para que possam ser absorvidos. As lipases só são ativas numa interface de óleo e água.

As lipases também são utilizadas como aditivo alimentar e estão presentes em inúmeros alimentos para potenciar o seu sabor.

Podem realizar transformações físicas específicas, permitem modificar as propriedades dos lípidos, alterando a localização das cadeias de ácidos gordos e substituindo um ou mais ácidos gordos por outros novos. Desta forma, um lípido de menor qualidade pode ser modificado em uma gordura de maior valor. Também se utiliza lipases para criar sabores na maduração de queijos, aromas em produtos de panificação e bebidas.

As lipases são cada vez mais populares na indústria alimentar e podem ser produzidas tanto por animais como por plantas e micro-organismos. Para o seu uso como aditivo, obtém-se principalmente de duas fontes, bem do tecido pancreático animal ou bem do rume dos ruminantes. As lipases microbiológicas ganharam recentemente maior atenção na indústria, devido à sua estabilidade e seletividade.

Benefícios da sua contribuição

A lipase é uma enzima muito importante para a digestão dos seres vivos. A maioria das pessoas produzem suficiente lipase no pâncreas para digerir as gorduras dos alimentos, no entanto, pode resultar benéfico para algumas pessoas consumir lipases para facilitar a digestão das gorduras e obter os seus componentes nutritivos.

Também existem estudos que mostram os benefícios de consumir lipase para os casos de fibrose quística, doença celíaca e em casos de indigestão.

Dosagem

A JEFCA não estabeleceu nenhuma ingestão diária aceitável para o consumo de lipase como aditivo.

Quando se subministra lipase por causa de uma doença, a dose se ajustará em função da gravidade da doença e do estado nutricional do paciente. Na maioria dos pacientes a dose não deve ultrapassar as 10.000 unidades de lipase/kg peso corporal e dia.

Precauções

A administração de lipases, pode ter alguns efeitos secundários relacionados sobretudo com a alteração intestinal, como náuseas e desconfortos no estômago. Também pode interferir com determinados medicamentos que bloqueiam as lipases para evitar a absorção de gordura.

Sugerimos também