A curva da felicidade, mito ou realidade?

terça, 28 de novembro de 2017

Sempre se disse que depois de casar temos tendência para ganhar peso, sobretudo os homens, mas será verdade? Existe a curva da felicidade?
Se queres descobrir como afeta o matrimónio e a paternidade, o teu índice de Massa Corporal, continua a ler!

IMPACTO DO MATRIMÓNIO NO  IMC

Um recente estudo analisou os efeitos do matrimónio, o divórcio, a gravidez e a paternidade no índice da Massa Corporal (IMC) masculino. Trata-se de um estudo longitudinal em que se viu a evolução de 8729 homens ao longo do tempo.

Dito estudo mostrou que os homens casados têm um IMC mais alto que os seus homólogos solteiros, e que este índice tem tendência a aumentar no período posterior ao nascimento dos seus filhos.
No entanto, observou-se uma redução do mesmo justo antes e depois do divórcio.

La curva de la felicidad, ¿mito o realidad?

UMA VEZ CASADOS, NOS RELAXAMOS

Ao que se deve este aumento de peso? Segundo a autora do estudo, Joanna Syrda, os homens solteiros que procuram companheira preocupam-se mais por manter-se em forma em relação aos casados e a mesma explicação se supõe para os homens recém divorciados.

Outras teorias apoiam que o matrimónio e o divórcio representam uma mudança significativa que pode alterar os hábitos alimentares e o estilo de vida, influenciando o peso.

 💡 Os recém casados ganham uma média de 1,4 kilos.

E O QUE ACONTECE NAS MULHERES?

Ainda que o presente estudo se centre no impacto provocado nos homens, também mostra uma relação diretamente proporcional em relação ao peso da mulher ao longo do casamento.

Outra investigação levada a cabo pela Associação Estadounidense de Sociologia que analisou o comportamento de 10 mil pessoas, conclui que as mulheres recém casadas são as que mais risco apresentam de ganhar peso. 

La curva de la felicidad, ¿mito o realidad?

 

SE NÃO ESTÁS CASADO…

Não te preocupes! Há outros estudos que afirmam que as pessoas casadas são mais felizes e que vivem uma média de 3 anos mais que os solteiros. Há estudos para todos os gostos!

*Ainda que o IMC não seja um parâmetro muito fiável hoje em dia, serve-nos de orientação para observar o efeito geral da composição corporal.
firma-pt 2 (1)

Sugerimos também

Deixa um comentário