L, Wiki

Para que serve Metionina? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

A metionina é um aminoácido sulfurado essencial que participa na síntese de proteínas. É o primeiro aminoácido na cadeia de qualquer proteína.

É um poderoso antioxidante e é precursora do aminoácido cisteína (cerca do 80% da metionina que se ingere passa a formar cisteína). A metionina é também precursora de outras moléculas como a carnitina, taurina, lecitina, creatina e a fosfatidilcolina (colina).

Ela pode-se apresentar em duas estruturas de isómetros, a forma D e a forma L. A forma L-metionina é a utilizada pelas células para formar as proteínas, e já a forma D-metionina ao não ser utilizada como componente proteico tem um grande poder antioxidante.

É também o principal doador de grupos metilo. Para o mesmo, deve unir-se a um ATP e formar a molécula de S Adenosil Metionina. A S-adenosil metionina ou também chamada SAM ou SAMe, intervém em processos orgânicos cedendo componentes químicos (metilos) e estimulando o sistema nervoso, melhorando o estado de ânimo e favorecendo a saúde da cartilagem.

A metionina pode ser regenerada a partir da betaína e a homocisteína. Desta forma, reduz-se também a concentração de homocisteína que está associada a um  maior risco cardiovascular.

Intervém no metabolismo das gorduras, reduzindo a sua acumulação no fígado e nas artérias. Por outro lado, contribui também para os processos de desintoxicação do organismo de substâncias como os metais pesados. Além disso, a metionina participa na função digestiva e linfática, diminui a debilidade muscular e melhora a saúde do cabelo, pele e unhas.

Por último, a metionina reduz também os níveis de histamina no sangue, pois esta substância pode gerar mal-estar, enxaqueca ou reações cutâneas se se acumula no organismo.

Algumas das fontes naturais de metionina são:

  • Origem animal: carne, ovos, peixe e laticínios.
  • Origem vegetal: cereais integrais, cebola, soja, sementes, frutos secos e levedura de cerveja.

A metionina é o aminoácido limitante nos legumes, no entanto, é bastante abundante nos cereais e proteínas animais. Por esta razão, o consumo de legumes de forma combinada com cereais ou proteínas de origem animal, consegue uma proteína de maior qualidade nutricional e grande valor biológico.

Aplicações

A metionina é necessária para a formação de proteínas e tem sido utilizada para conseguir um rendimento muscular adequado em desportistas. O seu consumo resulta interessante para evitar a debilidade muscular, distensões e dores articulares.

Ao intervir na síntese de carnitina e taurina, o consumo de metionina influi na digestão e metabolização das gorduras. Também emprega-se para prevenir a acumulação de gordura nas artérias (ateroesclerose).

O seu consumo pode ser também aconselhável em transtornos do sistema nervoso tais como: ansiedade, stress, angustia e alguns transtornos hepáticos (sempre sobre a supervisão médica).

A administração de metionina contribui para manter um ótimo estado da pele, cabelo e unhas. Também emprega-se para favorecer a cicatrização de feridas e como coadjuvante em tratamento de alergias.

Dosagem

As recomendações mínimas de metionina como aminoácido essencial são 13 mg/kg/dia em pessoas adultas para satisfazer as suas necessidades. No entanto, as pessoas que praticam desporto têm necessidades maiores.

Para o tratamento de intoxicações hepáticas com paracetamol, subministra-se 2,5 gramas cada 4 horas. Esta pauta deve ser sempre realizada por um profissional da saúde.

Precauções

O consumo de metionina em proporções naturais como as presentes nas proteínas considera-se seguro. Já o consumos elevados de metionina pode aumentar os níveis de homocisteína no sangue, e é necessário não superar as doses recomendadas para evitar que isto aconteça, além de assegurar também o consumo adequado de vitamina B12, vitamina B9 e vitamina B6.

Não há estudos suficientes sobre o seu consumo durante a gravidez e período de amamentação, sendo assim, desaconselha-se o seu consumo.

As pessoas com problemas de acidemia devem controlar o consumo de metionina, pois aumenta a acidez no sangue.

Sugerimos também