F, Wiki

Para que serve morango? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

O morangueiro é uma planta da família rosáceas e do género Fragaria, da que se dispõe de numerosas espécies sendo a Fragaria vesca a mais comum. As espécies comestíveis são em geral variedades híbridas, que substituíram, quase de forma universal, às variedades silvestres iniciais. O morangueiro floresce e produz frutos várias vezes durante cada estação de colheita. Em Portugal a estação de colheita varia consoante a zona do país entre meados de novembro e meados de abril, embora possam ser encontrados em supermercados durante todo o ano, já que também são importados de outros países.

Os morangos variam em quanto a intensidade da sua cor e o seu tamanho, mas geralmente são de cor rosa vermelha graças aos seus flavonóides conhecidos como antocianinas, e de um diâmetro de 20 mm, havendo também variedades de maior tamanho.

O morango é uma fruta pouco calórica, apresentando aproximadamente cerca de 30 calorias por 100 gramas de morango. Caracteriza-se por ser rica em vitaminas e minerais principalmente a vitamina C em quantidades inclusive superiores em relação alguns cítricos, também é uma excelente fonte de fibra. O morango é muito utilizado como aromatizante e como ingrediente em preparações culinárias e sobremesas.

Composição do morango (100 g)
 Água  85 g
 Hidratos de carbono  7 g
 Fibra  10 g
 Potássio  150 mg
 Vitamina C  60 mg
 Cálcio  40 mg
 Magnésio  13 mg
 Ferro  0.8 mg
 Vitamina E  0.2 mg

Benefícios da sua contribuição

Fonte de nutrientes e antioxidantes.

O morango é uma rica fonte de vitaminas (ácido ascórbico, vitamina E e ácido fólico) e de fitoquímicos (ácido elágico, antocianinas, quercetina e catequina). Graças à esta composição, os morangos são considerados alimentos com poder antioxidante. Devido ao seu teor de antocianinas, aos morangos são atribuídos efeitos terapêuticos como a redução da doença coronária, efeitos antitumorais, anti-inflamatórios e antidiabéticos, além de melhorar a agudez visual e o comportamento cognitivo.

Sistema cardiovascular.

Graças ao seu teor de ácido ascórbico (vitamina C), assim como de lecitina e pectina, o morango é uma fruta ideal para reduzir a oxidação dos lípidos sanguíneos e diminuir o nível de colesterol total no sangue. Além disso, os morangos apresentam um elevado teor de salicilatos, ajudando a prevenir doenças cardiovasculares, degenerativas e inclusive o cancro, no entanto, necessita-se de mais informação para afirmar estas conclusões.

O seu elevado teor de ácido fólico ajuda a evitar casos de anemia, diferentes afeções hepáticas e problemas cardiovasculares; além de ser fundamental para as mulheres em idade fértil, pois é uma vitamina clave na multiplicação celular. Também, o seu elevado teor de ácido fólico, vitamina E e vitamina C contribuem para prevenir a anemia ferropénica.

Sistema imune.

O seu elevado teor de vitamina C o converte num excelente antioxidante e protetor do sistema imune.

Dietas de perda de peso.

Graças ao seu alto teor de água e baixo valor calórico, o morango é um fruto adequado para dietas hipocalóricas e de emagrecimento. Porém, resulta uma excelente fonte de micronutrientes como as vitaminas e os minerais.

Sugerimos também