F, Wiki

Para que serve dipotassium? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

O fosfato dipotássico (K2HPO4) é um aditivo conhecido também por outros nomes como sal dipotássico, ortofosfato dipotássico, fosfato de potássio e é representado com o número E340 (E340 (i) Fosfato monopotássico, E340 (ii) Fosfato dipotássico, E340 (iii) Fosfato tripotássico). Os seus usos principais como aditivo são como anticoagulante, para o controlo da acidez, estabilizador e sequestrante.

Uma solução de fosfato dipotássico forma-se pela reação estequiométrica de ácido fosfórico com dois equivalentes de hidróxido de potássio:

H3PO4 + 2 KOH → K2HPO4 + 2 H2O

São normalmente encontrados em cremes imitações de leite, para prevenir a coagulação, em bebidas em pó como leite em pó, em fermentos lácticos, em cremes de leite, cremes de gelados, creme de café, etc. E inclusive, como suplementos minerais.

O fosfáto dipotássico também tem usos não alimentares como fertilizante, nos produtos farmacêuticos é utilizado em processos de obtenção de enzimas, ácidos orgânicos, vitaminas, esteróides ou antibióticos entre outras aplicações. Também observou-se que parece aumentar a atividade dos antioxidantes.

Aplicações

O fosfato dipotássico emprega-se na alimentação para prevenir a coagulação de alimentos, para controlar a acidez, como estabilizador e como sequestrante.

É também utilizado como fonte de fósforo e de potássio em suplementos alimentares.

Dosagem

Embora não haja documentos que estabeleçam um teor máximo para éste ingrediente, parece ser considerada como admissível um teor máximo de 70 mg/kg de peso corporal.

Precauções

Como aditivo alimentar, o fosfato dipotássico está incluído pelo FDA na lista de substâncias GRAS ou geralmente reconhecidas como seguras.

O fosfato dipotássico pode ser combinado com o cálcio, e embora não se tenha visto efeitos adversos não se deve empregar em excesso.

Sugerimos também