D, Wiki

Para que serve dimetilglicina? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

A dimetilglicina é também conhecida por N, N-Dimetilglicina ou por DMG.

O DMG consiste no aminoácido glicina unido a dois grupos metilo. O DMG é produzido pela dupla metilação da fração de nitrogénio da glicina, e é um constituinte normal do corpo formado no metabolismo da homocisteína à metionina.

O DMG é um princípio ativo do ácido pangâmico (ácido pangâmico, pangamato de cálcio, ou "vitamina B15), pelo que os estudo realizados com ácido pangâmico em lugar de com DMG reportam os mesmos resultados. O ácido pangâmico é uma substância sem nenhuma função biológica conhecida no organismo humano, portanto a sua função é a mesma que a da DMG. O ácido pangâmico é relativamente abundante nas sementes dos vegetais.

O DMG, embora em muito pequena quantidade, é produzida pelo corpo humano, portanto a sua ingestão dietética ou mediante complementos alimentares, melhora significativamente a nutrição das células.

O DMG é uma substância doce e simples. Está presente nas células das plantas e nos animais, logo, são numerosos os alimentos onde pode ser encontrado, embora em pequena quantidade.

Benefícios da sua contribuição

A ingestão de DMG através dos alimentos ou suplementação, é importante, já que o DMG intervém na síntese do DNA e RNA, de colina, de aminoácidos essenciais como a metionina e de certas vitaminas, hormonas, neurotransmissores e enzimas.

O DMG trabalha como portador de oxigénio (pode melhorar a utilização de oxigénio durante a hipoxia), apoiando as funções imunológicas, circulatórias, cardiovasculares e neurológicas, sem esquecer a sua função importante na pratica de deporto.

DMG e desportistas:

O DMG parece que reduz o ácido láctico que se forma nos músculos, durante a realização de exercício físico, melhorando ao mesmo tempo a função cardiorrespiratória. Isto permite reduzir os tempos de recuperação após cada esforço e melhorar a resistência do organismo pela sua capacidade de aumentar a energia de forma imediata e segura. Realizaram-se diferentes estudos com DMG para poder confirmar a sua eficácia em atletas, mas não foram encontradas diferenças significativas em comparação com os placebos, portanto, necessita-se mais estudos com diferentes doses de DMG, para poder determinar a sua efetividade nos exercício físico.

DMG e limitações mentais: autismo.

Em crianças limitadas mentalmente (autismo ou transtornos gerais do desenvolvimento) vê-se que o estado mental geral melhora, mostrando maior concentração e maior interesse por brinquedos e jogos.

O New England Journal of Medicine publicou estudos que mostram como o consumo de DMG reduz os ataques epilépticos.

Por outro lado, os exames neurológicos estandardizados antes e depois do tratamento não mostram variações significativas em comparação com o placebo. Pensa-se que as principais debilidades dos estudos são as baixas dose de DMG empregadas e o pequeno tamanho da amostras. Necessita-se estudos adicionais, para poder afirmar a efetividade do DMG nestas patologia.

Apreciou-se um sinergismo do DMG com o ácido fólico: alguns profissionais recomendam suplementar o DMG em combinação com o ácido fólico, já que não existe contraindicação entre eles e parece reduzir consideravelmente a possibilidade de agitação ou hiperatividade, podendo ser mais efetivo do que subministrar a DMG de forma isolada.

Sistema Imunológico:

A ingestão de DMG demonstrou uma melhor resposta às infeções. O sistema imunológico de muitas pessoas sofre disfunções. Investigações científicas preclínicas e estudos clínicos realizados com seres humanos imunologicamente deprimidos, mostraram que o DMG fortalece o sistema imunológico.

Animal:

O Regulamento de Execução da UE) autoriza o sal sódico do DMG como aditivo alimentar para frangos de engorda.

Dosagem

Não se dispõe de uma dose máxima para a ingestão de DMG, mas a dose diária recomendada situa-se cerca de 1 a 4 doses de 125 mg para as crianças e entre 2 e 8 doses para adultos.

Precauções

Não foram reportados efeitos secundários a longo prazo.

Sugerimos também