Depois do leite nada tome. Há alguma verdade nisto?

terça, 27 de dezembro de 2016

Este é um dos mitos alimentares mais difundidos e perpetuados ao longo de muitos anos, sobretudo por parte das nossas mães e avós. Outra de muitas crenças que nos acompanharam desde sempre. Mas, será mesmo verdade?

O leite pode coalhar?

Este mito é completamente falso. O leite, quando ingerido de forma isolada, passa por um processo de digestão no estômago, onde entra em contacto com substâncias muito mais ácidas que qualquer alimento, como é o caso do ácido clorídrico. Sendo assim, durante o próprio processo de digestão o leite coalha no estômago para poder ser digerido.

Portanto, este laticínio irá “coalhar” sempre que for consumido, bebas o que bebas antes ou depois dele, pelo simples processo de digestão. Mas que não haja pânico! Este processo é totalmente natural e não é prejudicial à saúde, ocorre para que o leite possa ser digerido e descomposto em pequenos nutrientes, senão ninguém beberia leite!

Além disso, consumimos “leite coalhado” constantemente em forma de iogurte, requeijão, crème fraîche, queijo ricotta…Todos estes produtos estão feitos a partir da fermentação do leite, através da adição de ácidos e não nos produzem desconforto no estômago.

Outra coisa muito diferente é que o leite fique estragado devido ao crescimento de micro-organismos que degradam a lactose e produzem ácido láctico. Falamos então quando o leite fica azedo, fica em mau estado… Estes micro-organismos são bactérias, que “comem” literalmente a lactose que é o açúcar do leite; como consequência, produz-se um resíduo ácido que provoca o mau cheiro e a textura grumosa.

Sumo de laranja com leite, mistura explosiva?

Outro mito com o que lidamos desde pequenos é que: “Não se pode juntar leite e laranja, porque coalha o leite”.

De facto, ao beber leite e sumo de laranja o leite coalha devido à acidez da laranja, já que ao adicionar qualquer ácido a este laticínio, produz-se uma coagulação de proteínas.

Mas, tal como referimos antes, o leite sempre coalha quando chega ao estômago, já que encontra um pH mais ácido do que o existente em qualquer outro alimento. Em conclusão, a ideia de que não se pode juntar leite e laranja carece de fundamento. 

E uma das provas disso é que em qualquer exemplo de pequeno-almoço saudável, acompanha sempre um laticínio, uma peça de fruta e cereais.

Assim que já sabes, combina-os sem medo. 😉

firma-sandra-pt

Sugerimos também

Deixa um comentário