D, Wiki

Para que serve D-alfa-tocoferol Acetato? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

Nos alimentos existem diferentes formas de vitamina E, cada uma delas com diferente atividade biológica. Com o termo vitamina E, faz referência a um conjunto de diferentes compostos antioxidantes:

  • Tocoferóis (alfa, beta, gama e delta tocoferol)
  • Tocotrienóis (alfa, beta, gama e delta tocotrienol).

A vitamina E é uma vitamina essencial na dieta. É uma vitamina lipossolúvel, com elevado poder antioxidante que tem a capacidade de neutralizar os radicais livres. Reduz o dano celular e por conseguinte, diminui o envelhecimento celular. O alfa-tocoferol tem maior atividade vitamínica do que o resto das formas de vitamina E. A atividade vitamínica para o alfa-tocoferol é de 100, enquanto a do beta-tocoferol é de 40, gama tocoferol de 20 e a atividade vitamínica para o delta tocoferol é de 1.  A forma acetato é um éster que tem uma estabilidade maior do que os tocoferóis não esterificados.

Além disso, há que destacar que o organismo humano só é capaz de aproveitar a forma D da vitamina, a forma natural. A forma L não apresenta atividade vitamínica. Foi demonstrado que esta forma natural, D-alfa-tocoferol, é até 50% mais potente do que a versão sintética (DL-alfa-tocoferol), que é uma mistura dos dois isómeros D e L.

A forma mais comum de vitamina E presente nos alimentos é a forma gama-tocoferol, no entanto, o alfa-tocoferol é muito mais abundante no interior doo corpo humano. Devido a que os diferentes alimentos contêm diferentes formas de vitamina E, e que cada uma das quais têm diferente atividade biológica se utilizam sistemas de medição de ação vitamínica:

  • Unidade Internacional de vitamina E (UI) equivale à atividade de 1 mg do acetato de alfa-tocoferol.
  • Atividade equivalente de alfa-tocoferol (1 a-TE): equivale a 1 mg de alfa-tocoferol. E por exemplo 1 mg de gama-tocoferol (muito menos ativo), equivaleria a 0.1 a-TE.

Os alimentos que maior teor de vitamina E apresentam são:

  • Fonte vegetal: óleos vegetais, especialmente o azeite de oliva e ainda melhor se for virgem extra de primeira prensagem à frio. Frutos secos e sementes (nozes, sésamo, amêndoas…), vegetais de folhas verde, germe de trigo, cereais integrais e cerveja.
  • Fonte animal: gema de ovo, peixe azul, fígado, frango.

Outra informação

Se queres saber mais acerca dos efeitos e benefícios do Acetato de D-Alfa Tocoferol, convidamos-te a visitar a página da vitamina E.

Sugerimos também