5 conselhos para reduzir o consumo de carne

Calma, não vamos convencer-te de que deves passar ao mundo veggie de um dia para o outro, nem nada que se pareça. Mas… sabias que segundo o último relatório do Grupo de Especialistas sobre a Alteração Climática da Organização das Nações Unidas (ONU), seria recomendável começar por reduzir o consumo de carne nos paises ocidentais? Se queres descobrir quais são as razões e os truques mais fáceis para dar este passo, continua a ler!

Nem todos os alimentos têm o mesmo impacto sobre o meio ambiente

Por estranho que te pareça, a criação de vacas produz mais emissões de efeito estufa que os gases emitidos pelos automóveis tal e como indica a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). Além de ser extremamente contaminante para a atmosfera, a pecuária é uma das principais causas da degradação do solo e dos recursos hídricos.

Segundo dados do estudo “The water footprint of farm animal and products” para produzir um bife de carne de vaca, são necessários 3.700 litros de água aproximadamente, uma quantidade infinitamente maior se for comparada com outros alimentos.

AlimentosLitros de água por kg de alimento
Verduras197
Frutas962
Cereais1644
Ovos3265
Leguminosas4055
Frango4325
Porco5988
Carne de vaca15415

Não estamos a pedir-te que deixes de consumir carne, mas sim explicando-te porque é que os organismos internacionas falam de reduzir o seu consumo nos países ocidentais. Um dos grandes problemas que enfrentamos hoje é a distribuição desigual dos recursos alimentares!

Questão de saúde ❤

Embora os alimentos de origem animal proporcionam muitos nutrientes benéficos para a nossa saúde, também é verdade que a quantidade de proteína animal que consumimos está muito acima das recomendaçoes de alimentação saudável emitidas pelos organismos oficiais (0,8 g/kg de peso/dia). Por isso, reduzir o consumo de carne não só seria benéfico para o meio ambiente como também para a nossa saúde.

É possível ter uma alimentação saudável e sustentável?

Nos últimos anos, instituições governamentais como a ONU criaram iniciativas, como a campanha ActNow, convidando pessoas de todo o mundo a participar na luta contra as mudanças climáticas através de pequenas mudanças no seu estilo de vida. Estas mudanças incluem o aumento do consumo de alimentos mais sustentáveis, priorizando alimentos de origem vegetal nos pratos que comemos diariamente e reduzindo o consumo dos de origem animal. 

Por outro lado, a conhecida revista científica The Lancet lançou uma informação em que se estabelecem que quantidades de carne seriam recomendadas ingerir para ter uma alimentação saudável e respeitosa com o meio ambiente. Segundo as recomendações do The Lancet, para cobrir as nossas necessidades proteicas deveriamos escolher ente uma grande variedade de alimentos e não priorizar as fontes animais:

Fontes de proteínag/dia
Leguminosas100
Frango29
Peixe28
Frutos secos25
Ovos13
Porco7
Vaca e borrego7

Se tiveres dificuldade de encontrar substitutos vegetais de carne no teu supermercado habitual, dá uma vista de olhos na nossa categoria de Alimentação Biológica, onde poderás encontrar desde snacks vegetais até pratos preparados sem carme.

Conselhos para reduzir o consumo de carne

Se és amante de carne e não sabes como reduzir o seu consumo, dá uma olhadela nos seguintes conselhos!

💡 Começa pouco a pouco: se estás acostumado a ingerir produtos animais em todas as tuas refeições, reduzir de golpe e à força o seu consumo não é um objetivo realista. Começa por fazer alguma substituição de vez em quando ou propõe-te não comer carne um dia por semana.

💡 Diminui as rações de carne: em vez de comer 3 bifes com batatas, opta por um bom prato de legumes com algo de carne. A chave está nas combinações!

💡 Planifica a tua alimentação: planeia o teu menu semanal com antecedência e elabora uma lista de compras antes de ires ao supermercado. Este ponto é um dos mais importantes para evitar recorrer ao hambúrguer de última hora.

💡 Abre a tua mente: quando fores comer fora toma atenção à carta. Existem pratos deliciosos elaborados com vegetais e hortaliças e a maioria dos restaurantes já têm opções para vegetarianos.

💡 Divulga o teu novo objetivo: se os teus amigos e familiares sabem que te propuseste a reduzir o consumo de carne de certeza que te recomendarão centenas de receitas e restaurantes além de apoiarem-te no teu processo de mudança. Quem sabe, se calhar decidem ajudar-te!

E tu, estás disposto a juntares-te a esta pequena mudança pela tua saúde e pelo planeta?

706 Visitas 0 Comentarios Me gusta
Si te ha gustado, ¡compártelo!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Informações básicas sobre proteção de dados Responsável: Nutritienda Healthcare & Beauty, S.L. Objetivo: os principais objetivos do processamento de seus dados pessoais são: - Envio de comunicações comerciais e promocionais. - Gestão da relação contratual com você (venda de produtos comercializados pela NutriTienda). - Desenvolvimento de perfis de usuários. Legitimação: tratamos os seus dados pessoais com base em: - Seu consentimento (para o envio de comunicações comerciais). - A execução do contrato assinado com você na venda de produtos comercializados pela NutriTienda. - Interesse legítimo da Nutritienda Healthcare & Beauty, S.L. ou de terceiros. Destinatários: os dados pessoais serão comunicados ao nosso sistema e podem ser compartilhados com terceiros para processamento. Direitos: você tem o direito de acessar, retificar e excluir os dados, bem como outros direitos, conforme explicamos nas informações adicionais. Informações Adicionais: você pode consultar as informações adicionais e detalhadas sobre Proteção de Dados em nossos. Política de privacidade. Se você tiver alguma dúvida sobre a forma como tratamos e usamos seus dados pessoais ou se deseja exercer seus direitos, entre em contato conosco pelo e-mail ayuda@nutritienda.com.

Scroll to Top