A, Wiki

Para que serve Aspartame? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

O aspartame (E-951) é um aditivo edulcorante artificial baixo em calorias. Foi descoberto em 1965 e a sua fórmula química é C14H18N2O5. O aspartame é um pó branco, inodoro e cristalino que resulta aproximadamente 180 ou 200 vezes mais doce do que a sacarose (açúcar comum), também utiliza-se como potenciador do sabor.

O aspartame compõe-se de dois aminoácidos (ácido L-aspártico e L-fenilalanina) combinados com uma pequena percentagem de metanol (o metanol encontra-se naturalmente em algumas frutas e legumes). O corpo metaboliza os dois aminoácidos que formam o aspartame da mesma forma que os obtidos de outros alimentos.

O aspartame foi amplamente estudado e aprovado por diferentes organisações para o seu uso em grande variedade de alimentos e utiliza-se em inúmeros produtos, entre eles: bebidas refrigerantes, sobremesas, lácteos, caramelos, pastilhas elásticas e produtos para o controlo de peso. Oferecendo aos consumidores uma grande variedade de produtos baixos em açúcares e calorias, que podem ajudar a diminuir o conteúdo calórico total da dieta.

Benefícios da sua contribuição

O benefício principal do consumo de aspartame é a redução das calorias dos alimentos ao substituir o açúcar dos alimentos e bebidas sem renunciar ao sabor doce. Além disso, o aspartame não contribui para a formação de cáries nos dentes. As bactérias da boca não o podem metabolizar e por tanto, não danifica o esmalte nem produz cáries.

O aspartame foi declarado apto para o consumo de todas as pessoas, incluídas as diabéticas, crianças e  mulheres grávidas ou a amamentar, embora seja recomendável consultar um médico sobre o uso de edulcorantes baixos em calorias.

Dosagem

A ingestão diária permitida estabelecida pelas organizações internacionais como JECFA é de 40mg/kg de peso corporal.

Precauções

As pessoas que sofrem de doenças denominada fenilcetonuria (PKU), que consiste na incapacidade de metabolizar corretamente a fenilalanina, devem abster-se do consumo de fenilalanina e por tanto de aspartame. Por esta razão todos os produtos que levam aspartame devem indicar no rótulo que contêm uma fonte de fenilalanina.

O aspartame não permanece estável em determinadas condições, como quando se cozinha, levado ao forno ou exposto prolongadamente à condições ácidas.

Sugerimos também