A, Wiki

Para que serve Arginina Cetoisocaproato? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

Normalmente considera-se o ácido cetoisocaproico, alfa-cetoisocaproico ou alfa-cetoisocaproato como um metabolito do aminoácido ramificado leucina, mas concretamente é o cetoácido da leucina, no entanto, existem outros aminoácidos que também apresentam esta característica como a arginina, denominándo-se neste caso arginina cetoisocaproato.

A arginina é um aminoácido que está envolvido na síntese da proteínas, do óxido nítrico, creatina e hormonas anabólicas. Intervém em diferentes funções como a cicatrização, eliminação do amoníaco no sangue, atenua a fatiga e favorece a recuperação após o treino.

O cetoácido da arginina é muito similar ao aminoácido mas em lugar de um grupo amino contém um grupo ceto, característica pela que não libera amoníaco durante a sua metabolização. Este cetoácido de arginina no organismo pode-se unir ao amoníaco e contribuir para a sua eliminação formando novamente aminoácidos, que por sua vez podem ser utilizados para a obtenção de energia ou como substratos proteicos.

Uma das características mais importantes do ácido alfa-cetoisocaproato e por tanto da arginina cetoisocaproato ou AKIC, é a estimulação da secreção de insulina, aumentando o transporte dos aminoácidos e outros nutrientes ao interior das células musculares, exercendo como agente anabólico.

Se desejas saber mais acerca do aminoácido arginina, convidamos-te a visitar a sua página.

Se desejas saber mais acerca da arginina cetoisocaproato, convidamos-te a visitar a página do alfa-cetoisocaproato (KIC).

Benefícios da sua contribuição

A suplementação combinada de L-arginina, KIC e glicina, também conhecida como GAKIC, tem demonstrado melhorar o rendimento em exercícios de alta intensidade.

Os cetoácidos podem ser utilizados em patologias renais ou hepáticas para reduzir os níveis de amoníaco no sangue e servir como precursores de aminoácidos. Graças à esta função, são empregadas durante a realização de exercício para captar os níveis elevados de amoníaco que se produzem formando novamente o aminoácido, neste caso arginina, melhorando a tolerância ao exercício. Exerce de elemento anabólico.

Sugerimos também