Alimentos indispensáveis no CrossFit: Parte II

sexta, 13 de maio de 2016

És um crossfiter e não sabes o que falta na tua lista de compras para melhorar o teu desempenho? Anteriormente, falamos dos melhores cereais, laticínios, verduras, frutas e carnes que deves incluir na tua dieta de CrossFit.
Nesta segunda entrega, selecionamos os melhores peixes, tubérculos, legumes, massas e frutos secos que não devem faltar na tua despensa e geleira. Toma nota!

PEIXES

 ➡ Bonito: os seus 6 gramas de gordura, ricos em Omega 3, favorecem a circulação sanguínea, reduzindo assim o risco de formação de trombos e oxigenando melhor os tecidos. Outro ponto a favor é a sua proporção de vitaminas lipossolúveis do complexo B que favorecem a metabolização dos carboidratos e proteínas de alto valor biológico.
 ➡ Linguado: é o peixe branco, pobre em gordura, contém proteínas de alto valor biológico e elevado teor de fósforo, potássio e magnésio que te ajudarão a prevenir cãibras musculares e a realizar ótimos e intensos treinos de CrossFit.

Crossfit

TUBÉRCULOS

 ➡ Batata-doce: é o tubérculo invernal, não só te proporcionará hidratos de carbono, também vitamina C e betacarotenos, poderosos antioxidantes que protegerão as tuas células e melhorarão o teu rendimento, aumentando a produção de glóbulos vermelhos e de imunoglobulinas.
 ➡ Batata: é a preferida por excelência, contém um teor considerável de potássio (350 mg aprox.) que ajuda a melhorar os impulsos nervosos e a reduzir as cãibras musculares. Dependendo do modo de preparação (a vapor ou frita), a energia que proporcionará será de longa ou rápida assimilação, tu decides.

Crossfit

LEGUMES

 ➡ Grão-de-bico: opta por alimentos da melhor qualidade, e nesta categoria entra o grão-de-bico. É rico em hidratos de carbono complexos que libertam energia constante e prolongada, perfeito para as tuas longas sessões de CrossFit.
 ➡ Lentilhas: é um alimento muito recomendado, especialmente para o desenvolvimento e reparação das fibras musculares, devido à sua abundância em ferro, fósforo, vitamina K e proteínas. Tenta acompanhá-las com pão integral ou arroz, assim completarás o quase perfeito perfil de aminoácidos.

Crossfit

MASSAS

 ➡ Nhoquis: este tipo de massa italiana, elaborada mediante a combinação de sêmola de trigo, batata e farinha, representa uma boa fonte de energia de rápida e lenta assimilação, além do seu grande poder saciante. É bastante recomendável para as intensas sessões de CrossFit, considerando que o seu perfil nutricional pode mudar totalmente em função da combinação do prato, opta por verduras ou molhos com ingredientes magros.
 ➡ Cuscus: este derivado do trigo proporciona energia mais prolongada e maior sensação de saciedade, em comparação com outras massas. O seu delicado sabor o torna perfeito para consumir frio, quente, como guarnição ou como prato principal.

crossfit

FRUTOS SECOS

 ➡ Amêndoa: trata-se de uma das fontes, de origem não animal, mais ricas em cálcio, além do seu teor de proteínas e Omega 3 (ácido oleico). É um alimento muito saciante importante na dieta mediterrânea, além de ser ideal para consumir em qualquer momento só ou triturada para acompanhar os teus pratos, molhos, batidos ou cereais.
 ➡ Pistácios: com um ótimo perfil mineral muito rico em potássio, fósforo, cálcio e ferro, são perfeitos para estabilizar os níveis de ferro no sangue e proporcinar-te energia extra mantendo-te ao mesmo tempo saciado.

Crossfit

💡 E… O REI: o ovo

Finalizamos com o alimento perfeito para o CrossFit: o ovo. Considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o padrão de referência para determinar o teor proteico de outros alimentos, devido à sua composição completa, contendo aminoácidos, ácidos gordos insaturados, ampla gama de vitaminas, minerais, antioxidantes e colina. É totalmente indispensável na tua mesa, já que proporciona o teor de aminoácidos que as tuas fibras musculares necessitam para responder às duras sessões de CrossFit.Crossfit

Agora já sabes o que tens que anotar na tua lista de compras. Nos vemos na Box! 😎 

firma-ALBERT-pt

Sugerimos também

Deixa um comentário