A, Wiki

Para que serve ácido esteárico? Benefícios e propriedades | NutriTienda

sexta, 1 de janeiro de 2010

O ácido esteárico ou ácido octadecanóico (CH3(CH2)16COOH) é um ácido gordo saturado de 18 átomos de carbono, sólido em temperatura ambiente, de cor branco e inodoro. Embora seja um ácido gordo existente na maior parte das gorduras animais e óleos e gorduras vegetais, é mais abundante nas gorduras animais (aproximadamente 30%) do que nas gorduras vegetais (menos de 5%). As gorduras vegetais com maior teor de ácido esteárico são a manteiga de cacau e a manteiga de carité, onde o seu teor está entre 28-45%.

O ácido esteárico ocupa a segunda posição, respeito ao consumo de gorduras saturadas na dieta atual, com 25,8%, depois do palmítico, que apresenta um consumo de 56,3%. O ácido esteárico se encontra maioritariamente na carne, depois a pescada, os cereais e os laticínios.

Apesar de ser um ácido gordo saturado, o ácido esteárico parece que não apresenta os efeitos negativos associados a este tipo de gordura. Parece ser que o ácido esteárico apresenta um efeito neutro sobre os triglicéridos, o colesterol total, o colesterol LDL (colesterol “mau”) ou o colesterol HDL (colesterol "bom"). Parece que também não modifica outros marcadores de risco cardiovascular como os fatores hemostáticos, a trombose, a oxidação ou a inflamação, no entanto, todavia se desconhece o efeito global da ingestão de alimentos ricos em ácido esteárico sobre o perfil lipídico e a saúde cardiovascular em geral. Se os resultados fossem concluintes, seriam a explicação do por que o consumo de chocolate de qualidade com um alto teor de manteiga de cacau, rica neste ácido, não influi de forma tão negativa nos níveis de colesterol plasmático tal como outros chocolates de má qualidade, mas ainda necessita-se de mais investigações, já que existem estudos que contrariam por exemplo sobre a sua relação com a obesidade e a sua resistência à insulina.

Parece que o ácido esteárico resultaria menos prejudicial que outras gorduras saturadas graças ao seu mecanismo de absorção desta gordura, que pelos vistos absorve-se de forma menos eficiente que outros ácidos gordos saturados, embora de momento todavia não haja um consenso científico sobre esta questão.

Aplicações

O ácido esteárico é utilizado na indústria para a fabricação de produtos como comprimidos. O ácido esteárico atua como lubrificante para máquinas, o pó flui de forma mais simples pela máquina e os comprimidos mantêm a sua forma sem que o ácido esteárico interfira sobre o produto. 

O ácido esteárico é apto para a pele, possui propriedades emolientes e protetoras e é facilmente absorvido pela pele, sendo assim um excelente hidratante e humidificante de grande qualidade empregado em cremes e cosméticos.

Precauções

Tanto a FDA como a USP recomendam o uso de ácido esteárico na fabricação de produtos nutricionais e farmacêuticos de grande qualidade. Devido aos resultados não concluintes e que não deixa de ser uma gordura saturada, as sociedades científicas e de saúde, recomendam que este nutriente não supere o 7% do valor calórico diário.

Sugerimos também