5 Truques de beleza com óleo de argão

segunda, 16 de janeiro de 2017

O óleo de argão é extraído do caroço do fruto da árvore de argânia (Argania spinosa), uma árvore originária da região sudoeste de Marrocos que pode chegar até aos 200 anos de vida e é capaz de suportar longos períodos de seca extrema. O óleo de argão é obtido por prensagem a frio do caroço do fruto cru, dando lugar a um líquido oleoso dourado e quase inodoro.

Mas, porque é que é tão especial? Tudo gira entorno ao seu grande poder antioxidante, já que contém até o dobro de vitamina E em relação à maioria dos outros óleos. Além disso, é extraordinariamente rico em ácidos gordos omega-6 e precursores da vitamina A.

As mulheres berberes utilizaram durante séculos o óleo de argão pelas suas propriedades hidratantes, regenerativas e antioxidantes, para o rejuvenescimento da pele, cuidado do cabelo e unhas entre outros.

A seguir, contamos-te alguns segredos de beleza desta riqueza milenária:

ÓLEO DE ARGÃO: O OURO LÍQUIDO

 ➡ ESTRIAS. Graças ao seu teor em ácidos gordos insaturados e à sua capacidade para melhorar a elasticidade da pele, reduz visivelmente o aspeto das estrias, deixando-as mais ténues.

 ➡ PELE SECA. Este óleo irá converter-se no teu grande aliado de beleza, já que não só hidrata, senão que também proporciona suavidade e maciez, deixando a tua pele livre de secura.

CÚTIS MAIS JOVEM. Este é o sonho de qualquer homem ou mulher. Graças ao elevado teor de antioxidantes que o argão contém ele é capaz de prevenir o envelhecimento precoce da tua pele.

 ➡ UNHAS QUEBRADIÇAS. As tuas unhas são frágeis e quebram-se facilmente? Este ouro líquido as fortalecerá e dar-lhes-á um aspeto saudável, além de suavizar as cutículas. Com um simples passo (aplicando umas gotinhas e massajando todo o contorno das unhas) as tuas unhas ficarão como novas.

 ➡ CABELO SAUDÁVEL. Hidrata, dá brilho e fortalece as pontas. Aplica-o depois de lavar o cabelo (quando ainda estiver húmido e com a cabeça inclinada para baixo), desde o meio do cabelo até às pontas, massajando para que penetre bem. Depois podes secar o cabelo com um secador de cabelo ou deixá-lo secar naturalmente e pentear como de costume. Além disso, evita também o encrespamento causado pela humidade.

E tu, do que é que estás à espera para o experimentar? 😉 

firma-sandra-pt

Sugerimos também

Deixa um comentário