Fertilidade e alimentação, que relação existe?

Wednesday, 22 de August de 2018

Sabias que Maio é um dos meses top no ranking de nascimentos de bebés? Se fazemos as contas, estes são fruto dos felizes e alegres meses de verão.
Se por acaso, tens em mente ser mamã dentro de pouco tempo, encontraste o teu artigo! Hoje, te ensinamos como ajudar a tua fertilidade com uns truquezinhos de alimentação e estilo de vida saudável.

Favorece a fertilidade com a tua dieta

Apesar de que as causas da infertilidade possam ser muitas e devem ser tratadas de uma forma multidisciplinar, a dieta pode ter uma influência importante na mesma. Por isso, vos mencionamos aqueles nutrientes e alimentos a ter em conta no momento de confeccionar o menu:

  1. Ácido fólico, o nutriente chave! Trata-se de uma vitamina do grupo B aconselhada às mulheres grávidas para evitar problemas neurais no futuro bebé. Recomenda-se uma dieta que cubra as necessidades deste nutriente a todas as mulheres que querem ficar grávidas, e na maior parte dos casos costuma ser suplementado pelo ginecologista. Onde o encontramos? Na levedura de cerveja, verduras de folhas verdes, abacate e lentilhas.
  2. Vitamina A: esta vitamina é imprescindível para a preparação da gravidez, uma vez que contribui para a manutenção e desenvolvimento da placenta. Por tanto, inclui na tua dieta frutas e hortaliças de cor avermelhado!

Fertilidad y alimentación, ¿qué relación existe?

  1. Vitamina E ou a vitamina da fertilidade, de alto poder antioxidante que protege os tecidos dos radicais livres e toxinas ambientais. São excelentes fontes desta vitamina os óleos vegetais, sobretudo o azeite e os frutos secos.
  2. Ferro: é muito importante começar a gravidez com umas concentrações ótimas de ferro já que, durante a gravidez as exigências do mesmo se verão incrementadas. Por isso, neste tipo de dietas, devemos encontrar alimentos como carnes vermelhas, peixe, todos os tipos de legumes, frutos secos, ovo ou verduras como espinafres, espargos ou feijão.
  3. Zinco: influência indiretamente na ovulação e fertilidade, além de exercer uma ação antioxidante, podendo ajudar no atraso de envelhecimento celular e folicular que aumentará as possibilidades de gravidez. Encontramos este mineral em alimentos como chocolate preto, sementes de abóbora, carnes vermelhas e nozes.

Fertilidad y alimentación, ¿qué relación existe?

Sabias que a prevalência da infertilidade em Espanha é de 17% aproximadamente? E que afeta igualmente a homens e mulheres?

Que outros fatores podem afetar a minha fertilidade?

➡ O sobrepeso e a obesidade podem ser um problema no momento de conceber, devido à alteração hormonal produzida. Do mesmo modo, um baixo peso também és contra prudente no momento de ficar grávida. 

➡ Sabias que os fatores psicológicos como o stress crónico pode provocar alterações hormonais? Isto afeta tanto a homens como a mulheres, podendo desencadear uma ovulação irregular ou a baixa qualidade espermatogénese.

➡ O álcool e o tabaco influenciam negativamente neste processo.

➡ A atividade física, além de ajudar-te a controlar o peso, proporciona benefícios sobre a capacidade reprodutiva.

➡ Aproveita os dias férteis da mulher! A ovulação costumar ser 14 dias antes da menstruação, mas podes ajudar-te com as aplicações móveis como  WOOM.

A infertilidade é coisa de dois.

Apesar de que estes conselhos estão orientados para melhorar a fertilidade na mulher, também são aplicados ao homem, já que a sua fertilidade é igualmente importante no momento de conceber um bebé. Por isso, também animamos aos papás a cuidarem-se, tanto na alimentação como seguindo uns padrões de vida saudáveis.

 

Fertilidad y alimentación, ¿qué relación existe?

firma-pt 2 (1)

Sugerimos também

Deixa um comentário